Na África, Hillary Clinton se diz inspirada por Mandela

A secretária de Estado americana Hillary Clinton disse nesta sexta-feira que sentiu uma nova inspiração em sua vida após se encontrar com Nelson Mandela, elogiando a disciplina pessoal que manteve durante a luta contra o regime do apartheid na África do Sul.

AFP |

Hillary se encontrou por meia hora com Mandela em sua casa, em Johanesburgo, onde disse ter visto material de arquivo jamais divulgado antes.

A fundação de Mandela informou ter mostrado à secretária de Estado americana cópias escritas à mão pelo ex-presidente sul-africano nos anos em que permaneceu preso, além de seu cartão de membro da Igreja Metodista, à qual Hillary também pertence.

Hillary Clinton, que realiza uma viagem pelo continente africano para visitar sete países, declarou ter ficado encantada com o encontro, referindo-se a Mandela como "Madiba", seu apelido íntimo.

"É claro que inspira em mim uma admiração ainda maior por seu trabalho público, mas também uma afeição ainda maior pelo homem", declarou Hillary.

"Ele teve disciplina em uma vida cheia de tantas conquistas maravilhosas, não apenas para ele pessoalmente, mas para a África do Sul e para o mundo", elogiou.

sct/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG