O principal candidato de oposição na recente eleição presidencial do Irã, Mir Hosein Musavi, pediu a seus partidários que não participem no protesto desta terça-feira contra a reeleição de Mahmud Ahmadinejad, para evitar cair em confrontos planejados.

"Algumas pessoas no protesto de ontem (segunda-feira) falaram sobre uma marcha hoje (terça-feira). Esta base de campanha pede às pessoas que evitem a armadilha de confrongos planejados", afirma um comunicado.

hif-jds/txw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.