Musharraf não viajará irá à abertura dos Jogos por ameaça de destituição

O presidente paquistanês, Pervez Musharraf, cancelou sua viagem a Pequim e será o primeiro-ministro, Yusuf Raza Gilani, que participará na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, anunciou o ministério das Relações Exteriores nesta quinta-feira.

AFP |

Musharraf tinha inicialmente previsto partir na quarta-feir para Pequim, mas adiou a viagem para eta quinta.

Pouco antes, os dois partidos integrantes da coalizão governamental concordaram em lançar um procedimento de destituição de Musharraf.

Um porta-voz dos partidos, liderados respectivamente pelo viúvo de Benazir Bhutto, Asif Ali Zardari, e pelo ex-premier Nawaz Sharif, informou que a decisão será anunciada oficialmente ainda nesta quinta.

Musharraf, no poder desde o golpe de Estado militar de 1999, perdeu as eleições legislativas de 18 de fevereiro e o presidente coabita desde então num ambiente tenso com um governo que antes estava na oposição.

rj-dk/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG