O museu da cidade inglesa de Bristol vai apresentar ao público pela primeira vez em junho o fóssil de dinossauro mais completo da Grã-Bretanha. Com a exceção de um pé e de um pedaço do rabo, todos os ossos do animal foram recuperados.

Ele está em tão bom estado que é possível ver os restos fossilizados da última refeição do dinossauro.

O scelidossauro chegava a medir 4 metros de comprimento e viveu na Grã-Bretanha no período Jurássico, há mais de 190 milhões de anos.

Herbívoro
Pouco se sabia dele, além de que ele apresentava uma grossa couraça com espinhos e que era herbívoro.

A partir deste esqueleto, cientistas descobriram que o animal era muito mais encouraçado do que se pensava.

"Eu fiquei... foi um momento desses de cair o queixo", disse à BBC o pesquisador do museu de Bristol Tim Ewin.

"É uma coisa fenomenal, que não acontece todo dia."
A descoberta foi feita por um caçador de fósseis britânico, que ficou intrigado com a aparência de uma pedra que viu há oito anos na costa de Dorset, no sudoeste do Inglaterra.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.