Museu de Osaka retirará 3 quadros de Chagall por ter autenticidade duvidosa

Tóquio, 11 set (EFE).- O Museu Suntory de Osaka (centro do Japão) retirará de uma próxima exibição três quadros atribuídos ao pintor Marc Chagall devido às dúvidas surgidas sobre sua autenticidade, informa hoje o jornal The Japan Times.

EFE |

As obras atribuídas ao artista francês de origem russa são "Retrato de uma mulher" (1908), "Família" (1911-1912) e "Violinista" (1917), que já foram exibidas em Tóquio.

O Museu Suntory ia mostrar esses quadros de 25 de setembro a 3 de novembro dentro da exposição "A Primavera da Vanguarda Rússia", procedente da Coleção do Museu de Arte Moderna de Moscou e que já pôde ser vista em Tóquio.

Mas, finalmente, o museu japonês decidiu retirá-los depois que o Comitê Chagall, uma organização de Paris que tem os direitos sobre o trabalho do artista, solicitou ao Suntory que não os exibisse por dúvidas que fossem autênticos.

Por sua parte, o Museu de Arte Moderna de Moscou sustenta que uma investigação demonstrou que as pinturas são verdadeiras. EFE cej/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG