Cliente devolve sanduíche à loja por não estar 'devidamente cortado ao meio'

Impressionado com a ‘queixa’, o CEO do local levou o caso a público; não foi informado se o cliente ganhou um lanche com o corte pedido anteriormente
Foto: Reprodução/Linkedin
Diante da reclamação do cliente, os funcionários do local realizaram cálculos que comprovaram que ele estava correto

O ditado “o cliente tem sempre razão” nunca fez tanto sentido. Após perceber que seu sanduíche de queijo não estava do jeito que havia pedido, um consumidor de um clube social australiano voltou ao estabelecimento para reclamar. O motivo da ‘indignação’? O lanche não estava cortado exatamente ao meio, como solicitado por ele.

Leia também: Mensagem 'suspeita' em biscoitos deixa consumidora aterrorizada

Após darem boas risadas da queixa, a equipe do clube Corowa RSL, em New South Wales, na Austrália, decidiu levar a discussão para um nível investigativo, medindo minuciosamente o sanduíche. Foi então que descobriram que o cliente estava certo, e que o produto era 1 cm maior em um de seus lados.

Repercussão e perfeccionismo

Impressionado com a ‘reclamação’, o CEO da Corowa, Peter Norris, compartilhou o ocorrido em seu perfil do LinkedIn. "No Clubland , sempre nos deparamos com queixas estranhas dos clientes. Dessa vez, foi em relação a esse sanduíche de queijo que não estava cortado ao meio como o solicitado”, expôs, juntamente de uma foto do lanche marcado com os 'cálculos' feitos pelos funcionários.

Leia também: Mulher paralisa metrô em Londres ao descer nos trilhos para 'resgatar' celular

"Embora tenha sido considerado engraçado de início, nós decidimos investigar a alegação de modo aprofundado. E sim, o cliente estava certo, e agora poderemos oferecer um corte perfeito a todos os consumidores”, acrescentou.

Vale mencionar que a publicação de Peter Norris recebeu mais de 122 curtidas e dezenas de comentários de usuários da rede social, que se divertiram com o caso. "Pelo menos, eles não usaram trigonometria para calcular a diferença do volume em centímetros ao cubo", brincou Michael Surridge.

Já a internauta Lielette Calleja afirmou que o controle de qualidade do estabelecimento havia atingido um outro patamar, enquanto Chee Chuan alegou que o perfeccionismo do consumidor era de dar inveja. “Quanto perfeccionismo o desta pessoa. De fato, ainda não consigo dizer se fiquei impressionada ou somente confusa com tamanha precisão”.

Leia também: A zoeira não tem fim: Marido descobre "pegadinha" de mulher morta 5 anos depois

Segundo o jornal Mirror , não foi informado se o cliente foi beneficiado com um sanduíche com o corte adequado. 

Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/mundo-insolito/2018-01-22/cliente-reclamacao-inusitada.html