Policiais americanos ameaçam criminosos com spoilers da série "Stranger Things"

O caso gerou muita repercussão nas redes sociais, porém, foi descoberto pouco tempo depois que tudo não se passava de uma brincadeira da polícia
Foto: Creative Commons/Flickr
Alguns policiais americanos decidiram que a série 'Stranger Things' poderia ser uma de suas principais aliadas


O Departamento de Polícia de East Lansing, no estado americano do Michigan, percebeu que a série “Stranger Things”, sucesso da plataforma de streaming Netflix, poderia ser uma ótima aliada no combate ao crime local.

Leia também: Discurso de Michel Temer vai parar em site pornográfico e gera polêmica na web

O Twitter do Departamento publicou, no último domingo (5):“Nós colamos spoilers de Stranger Things em todas as paredes de nossa cadeia nesta semana. Uma motivação extra para você não acabar lá dentro”. Veja:



Com mais de 15 mil curtidas e cerca de quatro mil retuítes, a ameaça deixou muita gente preocupada – e também curiosa. Um dos usuários da rede social, inclusive, publicou que queria ser preso só para confirmar a autenticidade daquele tuíte.

Entretanto, o portal The Detroit News descobriu que a ideia era apenas uma brincadeira . Na segunda-feira (6) foi divulgado que não existe nenhum spoiler nas celas da cadeia. Por mais que a ameça tenha sido uma farsa, sua repercussão deixou claro que pode ser uma boa tática de segurança pública aliar seriados famosos a ameaças policiais. Ou não!

Não brinque com spoilers!

Spoilers são uma coisa séria para quem acompanha seriados, sagas da literatura e franquias cinematográficas, que inclusive, podem arruinar amizades e relacionamentos. Pensando nisso,  o britânico Harry Moore elaborou um contrato com sua namorada prevendo uma punição hipotética para caso algum dos dois assista aos esperados episódios da segunda temporada da mesma série sem o outro presente.

Leia também: "Papai Noel" é preso após ser flagrado com cachimbo de crack em blitz nos EUA

"Nenhum episódio da segunda temporada de Stranger Things poderá ser consumido sem a presença do seu companheiro", diz a primeira cláusula do contrato. "Eu decidi fazer o contrato porque há poucas coisas mais importantes do que esta série e, se as pessoas têm que assinar contratos para casar e tal, você também tem que assinar contratos para coisas de igual importância", brincou Moore em entrevista para o site Mashable .

Link deste artigo: https://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/mundo-insolito/2017-11-08/stranger-things.html