Os quatro presos, que já foram identificados, roubaram cigarros, isqueiros e telefones celulares. O caso aconteceu em Mississipi, nos Estados Unidos

Um crime muito curioso foi cometido por quatro detentos
Reprodução/WLBT
Um crime muito curioso foi cometido por quatro detentos "espertinhos" do estado americano do Mississipi


O condado de Holmes, no estado americano do Mississipi, foi palco de um crime muito peculiar na última segunda-feira (25). A população do local ficou em choque quando quatro detentos conseguiram fugir da cadeia, assaltaram uma loja e voltaram, por conta própria, para a prisão.

Leia também: Casal canibal é preso por esquartejar, congelar e jantar 30 pessoas na Rússia

Levontaye Ellington, Travis Baker, Maurice Robertson e Jacquiez Williams pularam o muro da prisão e andaram cerca de um quilômetro e meio até chegarem à loja de itens gerais “Dollar General”. Segundo informações do portal Mississipi News Now , a polícia declarou que os detentos roubaram cigarros, isqueiros, telefones celulares e muitas outras coisas – tudo o que imaginaram ser possível vender dentro da prisão.

Depois do assalto, de acordo com Robert Kirklin, chefe da polícia de Lexington, os homens decidiram voltar para a cadeia sem que as autoridades percebessem. “Você já está preso, mas quer fugir para depois voltar para a prisão?”, ironizou o policial.

Alguns itens do roubo foram recuperados e os quatro foram acusados de assalto a um estabelecimento comercial. Agora, a equipe da prisão está trabalhando para melhorar seu sistema de segurança e garantir que casos como este não voltem a acontecer, como declarou Willie March, xerife do condado de Holmes. 

O crime da manteiga de amendoim

No mês de julho, foi a vez da Prisão do Condado de Walker, no estado do Alabama, Estados Unidos, ser o cenário de uma inusitada tentativa de fuga: cerca de 12 presos usaram manteiga de amendoim  para escapar da cadeia. Apesar da criativa solução para voltar à liberdade, todos já foram recapturados pela polícia.

De acordo com o jornal Chicago Tribune , os presos utilizaram manteiga de amendoim – o recheio de um sanduíche distribuído na cadeia – para confundir os carcereiros. O plano era usar o creme para esconder a numeração de uma porta em especial, que liga o corredor as celas com o exterior, e pedir para que um funcionário liberasse o acesso, tudo com o argumento de que aquela porta pertencia à cela de um dos presos.

A mirabolante ideia funcionou e, unidos, os prisioneiros ainda usaram um cobertor para cobrir o arame farpado de um muro e evitar machucados. “O plano foi realmente muito bem pensado”, declarou Jim Underwood, chefe do Departamento de Polícia do Condado de Walker.

Leia também: Corpo decapitado? Decoração realista de Halloween gera confusão policial nos EUA

A alegria dos detentos, porém, não durou muito: logo os policiais conseguiram rastreá-los e começaram uma operação para recapturar os engraçadinhos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.