Em 2012, Luka Magnotta matou seu namorado, comeu algumas partes de seu corpo e resolveu mandar os restos, pelo correio, para escolas no Canadá

O canibal ator pornô canadense Luka Magnotta matou e comeu namorado em maio de 2012
Reprodução/AP
O canibal ator pornô canadense Luka Magnotta matou e comeu namorado em maio de 2012



Depois de assassinar o namorado há cinco anos, o ator pornô canibal Luka Magnotta surpreendeu o Canadá novamente. Agora, porque encontrou um novo parceiro e vai se casar na próxima segunda-feira (26).

Leia também: Jovem arromba casa, mata duas pessoas e devora carne da cabeça de uma vítima

Em 2012, Magnotta deixou o país inteiro chocado ao cometer um crime sórdido. Ele assasinou o namorado Jun Lin, gravou um vídeo comendo o corpo do parceiro e ainda enviou, pelo correio, as mãos e pés de Lin para escolas canadenses e para sedes de partidos políticos. O  canibal  foi condenado à prisão perpétua, mas, para ele, pelo visto, a vida ainda pode ter muito a oferecer.

Cadastrado em um site de namoros para detentos, em junho de 2015 ele começou a procurar por um "príncipe encantado". Segundo o  New York Post , o par perfeito para o ator seria um "homem solteiro, branco, com idade entre 28 e 38 anos e em boa forma física".

O anúncio não durou muito. No mês de julho, ele tirou o cadastro do site porque teria encontrado quem procurava. No caso, o "príncipe" seria Anthony Jolin, um assassino que também cumpre pena de prisão perpétua no Canadá .

O ator canibal, preso desde 2012 pelo assassinato de Jun Lin, está de casamento marcado
Repodução/The Canadian Press
O ator canibal, preso desde 2012 pelo assassinato de Jun Lin, está de casamento marcado






Depois de quase dois anos de namoro, eles decidiram dar o próximo passo. O casamento está marcado para a próxima segunda e deve acontecer na Penitenciária de Port-Carier, em Quebec. 

As consequências do canibalismo

Você já imaginou o que pode acontecer com o seu corpo se você se alimentar com a carne de outro ser humano? Talvez possa soar irônico, mas estudos mostram que os efeitos do canibalismo não são nada bons – podendo até matar .

Foi descoberto que o perigo de se consumir carne de origem humana está nos príons, proteínas anormais presentes na musculatura de todo ser humano, que continuam presentes no tecido mesmo depois que este foi cozido ou assado. Os príons são responsáveis por matar os neurônios, deixando o cérebro cheio de buracos, parecido com uma esponja. 

Como consequência, podemos desenvolver a Febre de Kuru, uma rara doença neurodegenerativa e infecciosa, cujos sintomas incluem perda da coordenação motora, dificuldades para se locomover, manifestação de movimentos involuntários, alterações no humor e no comportamento e também demência, levando à morte do canibal.

Leia também: Cobra engole serpente, muda de ideia e vomita o animal ainda vivo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.