Segundo as autoridades locais, o homem, que foi encontrado vestindo apenas as suas meias, estava bêbado; ele foi condenado a seis meses de prisão

Completamente nu, homem bêbado resolveu brincar com extintor de incêndio dentro do hotel onde estava hospedado
Reprodução/Belfast Telegraph
Completamente nu, homem bêbado resolveu brincar com extintor de incêndio dentro do hotel onde estava hospedado


Aquela história de hóspede dar trabalho para o hotel por causa de toalhas e pantufas roubadas, desrespeito ao horário de silêncio e outros comportamentos desagradáveis não é nada perto deste caso – talvez, do pior cliente do mundo: pelado, o homem fez, nada mais nada menos, do que brincar com o extintor de incêndio, bater a cabeça nas portas dos quartos, vandalizar uma loja da pousada e, por fim, ainda tentou morder um policial.

Leia também: Em 'momento de fúria', homem pelado invade antiquário e destrói loja nos EUA

O bêbado Harley Alex Floyd McHenry, de 25 anos, estava pelado no  hotel Magherabuoy House, na cidade de Portrush, Irlanda do Norte, e começou a importunar os outros hóspedes com seu comportamento inapropriado.

Primeiramente, o barulho estava restrito ao quarto de McHenry, mas logo o homem começou a bater a cabeça nas portas pelo corredor afora, depois invadindo uma loja do hotel, onde foi visto brincando, sem nenhuma peça de roupa, com um extintor de incêndio .

A polícia foi chamada para lidar com a situação, e recebeu, além de uma tentativa de mordida do homem desnudo, muitas reclamações de pais que ficaram transtornados com a total exposição de McHenry na frente de suas crianças.

Segundo o portal  Belfast Telegraph , a defesa de McHenry argumentou que duas personalidades moram no corpo do mesmo homem. A primeira é a de um cidadão que trabalha duro, e a segunda, de alguém que exagera na bebida e perde completamente o controle de si mesmo.

Agora, o homem precisa cumprir seis meses de prisão – e não pode nem pensar em pisar no mesmo hotel novamente.

Pulgas nas roupas

A vontade de estar nu percorre todos os continentes, e se na Europa alguns bêbados causam transtorno em hotéis, na Oceania, pessoas muito bem sóbrias resolvem tirar suas roupas  para comemorar a chegada da estação mais fria do ano.

E isso aconteceu na Austrália, onde cerca de  1.020 australianos se reuniram no rio Derwent, que banha a ilha da Tasmânia, para fazer um mergulho coletivo em pleno solstício de inverno. 

Mais de mil pessoas enfrentaram o frio nuas para comemorar o solstício de inverno com um mergulho na Austrália
Reprodução/The Sun
Mais de mil pessoas enfrentaram o frio nuas para comemorar o solstício de inverno com um mergulho na Austrália


Gary Molloy, que participava pela primeira vez do evento, que é anual, afirmou que essa era "uma boa oportunidade para estar nu". "É bom ver neve nas montanhas, tirar sua roupa e mergulhar", concluiu.

A diretora executiva do festival, Kate Gould, se surpreendeu com a quantidade de pessoas que compareceram ao mergulho. "Nós pensamos que teríamos uma queda no interesse, porque é quarta-feira e está frio. Está muito frio esta manhã! Mas ficamos entusiasmados com a resposta do público", disse ela. A surpresa foi tão grande, que nem havia toalhas para todos os participantes pelados.

Leia também: Pelado, homem chuta duas viaturas e é preso após prejuízo de US$ 2 mil à polícia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.