Tamanho do texto

Surpreendido pelo peixe, Santosh Dash, um pescador indiano, teve que passar por três hospitais até que o animal fosse removido de sua garganta

Médicos tiveram que retirar peixe ainda vivo da garganta de homem
SWNS/Reprodução
Médicos tiveram que retirar peixe ainda vivo da garganta de homem






O pescador indiano Santosh Dash estava segurando um peixe de aproximadamente 10 centímetros, quando o animal pulou diretamente para dentro da sua boca e ficou preso em sua garganta.

Leia também: Caçador atacado por urso no Canadá registra tudo em vídeo aterrorizante; assista

Sentindo muitas dores, com dificuldades para respirar e sem conseguir falar, Dash, de 30 anos, correu para o hospital mais próximo, mas nem mesmo os médicos conseguiram retirar o peixe  – que ainda estava vivo, da garganta do homem. 

Encaminhado para um hospital universitário, ele tirou um Raio X para que os profissionais pudessem dimensiosar o tamanho do que eles estavam lidando, mas a odisseia do pescador estava longe de terminar por aí.

Raio X mostra peixe - ainda vivo, preso na garganta de indiano
SWNS/Reprodução
Raio X mostra peixe - ainda vivo, preso na garganta de indiano

Santosh Dash teve que ser mais uma vez transferido, dessa vez, para um hospital em Bhubaneswa, a 200 quilômetros de distância do seu vilarejo natal - Podadhia, em Balasore. No Hospital Apollo, o pescador foi levado às pressas para a sala de cirurgia emergencial, onde foi submetido à anestesia na boca para que o procedimento pudesse, enfim, ser realizado.

Com a ajuda de um fórceps, os médicos finalmente conseguiram retirar o intruso da garganta do indiano, que além de sofrer lacerações graves na região por conta do movimento das barbatanas do animal, teve que se alimentar por meio de uma sonda nasal por 10 dias, até que estivesse completamente recuperado e pudesse ser liberado. 

Remédio vivo

Por mais que Santosh Dash estivessem bem longe de querer ingerir um animal aquático vivo, essa prática existe e é utilizada na Índia

De acordo com a crença tradicional indiana, comer o animal vivo – que é mergulhado em uma erva medicinal – ajuda a curar asma e também vários outros distúrbios respiratórios.

Comer o peixe vivo é uma tradição popular no país asiático e existe há cerca de164 anos. Em algumas situações, as pessoas chegam até a formar filas para poderem receber o famoso tratamento alternativo.

Criança indiana é forçada a engolir peixe vivo para tratar problemas respiratórios
AP
Criança indiana é forçada a engolir peixe vivo para tratar problemas respiratórios


Leia também: Animal! Fazenda americana tem fila de pessoas a fim de fazer ioga com cabras 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.