Antes de colocar seu pênis em um dos buracos, o texano foi visto urinando e dando um "beijo de língua" para criar o clima. Vizinha testemunhou a cena

Eliodoro Estala foi flagrado por sua vizinha fazendo sexo com a cerca que separa as duas casas no Texas, Estados Unidos
Pixabay
Eliodoro Estala foi flagrado por sua vizinha fazendo sexo com a cerca que separa as duas casas no Texas, Estados Unidos

Um homem foi preso na cidade texada de Austin, no Estados Unidos, depois de ser flagrado por sua vizinha fazendo sexo com a tela de arame que separa as duas casas. O breve relacionamento entre Eliodoro Estala, de 32 anos, e a cerca aconteceu na manhã da última quarta-feira (8).

Leia também: Por 'selfie perfeita', webcelebridades se penduram de topo de prédios

Antes do sexo , entretanto, Eliodoro fez todo o "ritual": "paquerou" a cerca, como todo conquistador. Depois, urinou na tela e tirou suas roupas. Em seguida, “posicionou sua boca em um dos buracos da cerca e colocou a língua para fora, movendo-a para cima e para baixo”, de acordo com o relatório policial.

Diana Vazquez, a vizinha que assistiu ao ato de luxúria, contou às autoridades que, passadas as preliminares, Eliodoro “enfiou seu pênis ereto em um dos vãos da tela” e então começou a “fazer sexo com a cerca”.

Quando a polícia chegou, encontrou o homem saindo de sua casa, aparentemente sob efeito de drogas. Ele alegou que estava do lado de dentro durante a suposta relação sexual, mas agentes foram capazes de identificá-lo em um vídeo feito por Diana.

Leia também: Paciente toca violão e canta para médicos durante cirurgia no cérebro em Santos

“Por causa do reflexo do sol e da sombra da casa não fui capaz de ver o pênis do acusado nas imagens capturadas no celular da vizinha”, afirmou um dos policiais encarregados pela investigação do caso.

Apesar de ter sido preso por uma acusação de exposição indecente, Eliodoro foi liberado depois de fazer uma aparição na corte e declarar estar ciente de que seu comportamento foi inapropriado e que não deve ser repetido.

Saindo da seca

Eliodoro não é o primeiro a ser preso por transar com um objeto inusitado. Outro homem chamado Martin Gregory foi levado sob custódia depois de manter relações com um colchão e assistir à pornografia em volume alto, em público.

Leia também: Jovem arromba casa, mata duas pessoas e devora carne da cabeça de uma vítima

Já em Ohio, Edwin Tobergta foi preso depois de ser pego no flagra transando com uma boia em formato de espreguiçadeira no meio de uma via local. Essa foi a terceira vez que ele foi levado à delegacia por ser flagrado fazendo sexo com o objeto inflável.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.