Polícia de região Norte da Austrália disse que caso entrou para o topo da lista do "fora do comum" e compartilhou a situação em página do Facebook

Inconformada com o preço absurdo cobrado por seu traficante de maconha, mulher ligou para a polícia para pedir ajuda
Maj. Will Cox/Georgia Army National Guard
Inconformada com o preço absurdo cobrado por seu traficante de maconha, mulher ligou para a polícia para pedir ajuda

Uma mulher australiana ligou para a polícia para fazer uma reclamação inusitada: o preço da maconha estava mais alto. Na ligação, perguntou se as autoridades poderiam investigar como resolver seu problema depois que um traficante teria solicitado o pagamento de um valor 'acima do comum'.

LEIA MAIS: Pela primeira vez, Anvisa aprova registro de medicamento à base de maconha

Como a ligação aconteceu no Território Norte da Austrália, onde a maconha não é legalizada, a mulher desligou e permaneceu no anonimato assim que os policiais pediram dados pessoais. 

As autoridades acharam a situação engraçada e publicaram sobre o ocorrido na página oficial do serviço de polícia, bombeiros e emergências do norte da Austrália. A postagem, feita na última segunda-feira (30), já foi compartilhada mais de 15 mil vezes e recebeu mais de 50 mil reações.

Veja a publicação na íntegra:

“Seu traficante de drogas está te extorquindo?

Uma ligação feita para a polícia ontem entrou no topo da lista de ‘fora do comum’.

Uma mulher ligou para a polícia para reclamar no preço da maconha em sua comunidade, reportando que o traficante local havia pedido mais dinheiro do que o normal.

Completamente ofendida, a mulher solicitou que a polícia investigasse esse aumento ‘absurdo’ no preço. Quando teve seus dados pessoais solicitados, a mulher desligou.

Se você conhece algum traficante que está te extorquindo, ligue para nós, adoraríamos te ajudar.”

LEIA MAIS: Obama defende que EUA tratem a maconha como o álcool e o cigarro

Por mais que a maioria dos comentários na publicação tenha sido apenas sobre como a situação é “hilária”, um homem achou que a anônima estava certa. “O preço da maconha realmente é muito alto. Legalizem, coloquem taxas e levem nosso país ao saldo positivo novamente”, escreveu. “Eu imagino que ela estivesse chapada e irritada pela quantidade e qualidade”, comentou outra pessoa.

Alguns duvidaram da veracidade da ligação e disseram que, se você liga para a polícia para reclamar do preço de drogas ilegais, significa que “maconha realmente faz com que as pessoas se tornem mais burras”.

LEIA MAIS: Legalização da maconha nos EUA favorece tráfico "inverso" para o México

Já outro homem se mostrou mais preocupado com seus interesses pessoais do que com o preço da maconha, e quis saber quando poderia contar com a ajuda da polícia. “E as prostitutas cobrando demais? Quando algo será feito a respeito disso?”, perguntou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.