1. Home iG
  2. Último Segundo
  3. Mundo
  4. Mundo Insólito

Nas imagens, é possível ver o homem desabotoando a calça e, logo em seguida, se formar uma poça no chão enquanto segura a mercadoria na boca

No vídeo, é possível ver o entregador desabotoando a calça e, em seguida, a poça de xixi se formando no elevador
Reprodução/ Mirror
No vídeo, é possível ver o entregador desabotoando a calça e, em seguida, a poça de xixi se formando no elevador

Um entregador de comida foi flagrado fazendo xixi dentro do elevador do cliente enquanto aguardava chegar no andar do pedido. Nas imagens da CCTV, divulgadas pelo site britânico “The Mirror”, o homem ainda parece espirrar ou assoar o nariz na camisa antes de sair do elevador. 

LEIA MAIS: Bailarino morre durante espetáculo e plateia acha que é encenação

No vídeo divulgado, é possível ver o entregador desabotoando a calça e, em seguida, se formar uma poça de xixi no chão do elevador, enqunto ele "segura" a mercadoria com a boca. De acordo com a publicação, ninguém tentou abordar o homem, nem exigiu explicações pelo ato inusitado. Veja o vídeo.

Condenados pelo xixi

Em setembro, uma mulher desempregada foi condenada à prisão por sete meses depois de ser flagrada, em duas ocasiões, urinando sobre um memorial dedicado a pessoas que morreram durante a Primeira e a Segunda Guerra Mundial e na Guera da Coreia, em Grays, no Reino Unido. Kelly Martin, de 42 anos, foi acusada por desacato à decência pública.

A mulher, que estava bêbada quando flagrada fazendo xixi no memorial, também foi considerada culpada por agredir um paramédico depois de jogar uma garrafa de vidro vazia na cabeça dele e esfregar seu bumbum nu em sua perna.

Kelly, sem residência fixa, foi presa no dia 2 de julho e condenada em agosto. Na sentença, a mulher recebeu um mês de prisão pela a primeira vez que cometeu o delito (no dia 13 de abril), três meses pela segunda ocorrência (no dia 30 de junho) e três meses, tanto pela agressão quanto por ter usado "linguagem abusiva" contra o paramédico.

Também em setembro, a Polícia de Estado da Itália multou um homem de 65 anos em 10 mil euros (R$ 36,4 mil) por ter urinado em uma das paredes da igreja de São Jeremias, no bairro de Cannaregio, em Veneza.

O episódio ocorreu numa quinta-feira (1º de setembro), por volta das 13h, horário local. De acordo com a polícia, o homem urinou no momento em que vários turistas passavam na frente da igreja, bastante visitada por turistas.

A cena foi filmada e se espalhou pelas redes sociais. Enquanto o homem – um professor universitário aposentado e residente em Catanzaro, na Calábria – fazia xixi, as pessoas à sua volta gritavam "vergonha!". Em agosto deste ano, um marroquino com distúrbios mentais invadiu a mesma igreja e quebrou um crucifixo ao jogá-lo do altar.