Tamanho do texto

Investigadores suspeitam que Laura Rich, de 38 anos, teve relações sexuais com adolescente de 16 e 18 anos; ela irá responder em liberdade pelo crime

Laura Rich foi levada para o centro de detenção de Cherokee County na sexta-feira (23), mas foi liberada no mesmo dia
Cherokee County Sheriff's Office
Laura Rich foi levada para o centro de detenção de Cherokee County na sexta-feira (23), mas foi liberada no mesmo dia

Uma professora substituta foi presa acusada de ter relações sexuais com dois alunos em sua antiga casa em Acworth, na Geórgia, nos Estados Unidos.

Os investigadores disseram que Laura Rich, de 38 anos, que tinha sido contratada como professora substituta no Ace Academy, teve um encontro ilícito com um estudante de 16 anos de idade no início de 2015. No mesmos ano, ela teve outro encontro sexual com um estudante de 18 anos em sua casa.

LEIA MAIS: A história da mulher que fez a Inglaterra crer que havia dado à luz 18 coelhos

Segundo o Atlanta Journal Constitution, o Distrito Escolar Cherokee County notificou a polícia sobre as supostas relações.  A porta-voz do distrito escolar, Barbara Jacoby, afirmou que Laura já não está autorizada a trabalhar como professora substituta ali.

LEIA MAIS: Partido político conservador distribui "spray anti-imigrante" na Dinamarca

"Nosso distrito escolar tem tolerância zero para as relações inadequadas entre estudantes e qualquer adulto que servem a qualquer função aqui", disse Jacoby em um comunicado.

LEIA MAIS:  Australiano leva picada de aranha venenosa no pênis pela segunda vez no ano

Laura foi levada para o centro de detenção de Cherokee County na sexta-feira (23), mas foi liberada no mesmo dia depois de pagar uma fiança de US$ 22.400 mil (cerca de R$ 72 mil). Ela irá responder em liberdade pelo crime.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.