Manequim de loja no México seria corpo de jovem embalsamado há mais de 70 anos

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Moradores de Chihuahua dizem que "La Pascualita" é a cópia perfeita de Pascuala Esparza, morta no dia de seu casamento

O manequim de uma loja de noivas em Chihuahua, no México, é tida pelos moradores como o corpo embalsamado há mais de 75 anos da filha do dono da loja. As informações são de agências de notícias do país.

Leia todas as notícias do Mundo Insólito

Manequim La Pascualita exposta em loja do México (Arquivo). Foto: Reprodução/FacebookMão do manequim La Pascualita exposta em loja de noivas do México (Arquivo) . Foto: Reprodução/YoutubeMãos do manequim conhecido como La Pasqualita em loja de noivas no México (Arquivo). Foto: Reprodução/FacebookO manequim La Pasqualita e a possível jovem embalsamada, Pascuala Esparza, morta no dia de seu casamento (Arquivo). Foto: Reprodução/FacebookManequim está exposto em loja de noivas de Chihuahua há mais de 70 anos (Arquivo). Foto: Reprodução/FacebookFoto da família de Pascuala Esparza, proprietária da loja há mais de 70 anos (Arquivo). Foto: Reprodução/Facebook

De acordo com os habitantes mais antigos, "La Pascualita", como é chamada a boneca colocada na vitrine da loja de noivas há mais de sete décadas, é a cópia perfeita de Pascuala Esparza, morta de forma trafica no dia de seu casamento ao ser picada por uma aranha venenosa.

Há turistas de várias partes do mundo que visitam Chihuahua e ficam convencidas de que o manequim é o corpo conservado de uma mulher.

O atual proprietário do espaço permite somente que algumas pessoas de confiança troquem os vestidos do manequim. Segundo uma funcionária do local, ela fica nervosa toda vez que precisa chegar perto da boneca, tida como "muito realista".

Outros moradores acham impossível que o corpo humano seja conservado em tão boas condições, mesmo quando submetido ao embalsamamento.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas