Neozelandesa diz ter sobrevivido perdida em selva bebendo o próprio leite

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Mulher disse ter cavado buraco e se coberto com lama para se manter aquecida durante a noite em que ficou na floresta

BBC

Uma neozelandesa que se perdeu numa floresta disse ter bebido o próprio leite e se coberto de lama para sobreviver.

Susan O'Brien, de 29 anos, tomou o caminho errado durante uma corrida na Floresta Rimutaka, a leste de Wellington. Autoridades lançaram uma operação de busca após ela não ter cruzado a linha de chegada no domingo.

O'Brien, mãe de dois filhos, foi resgatada por ar na manhã desta segunda-feira (horário local). Ela se reencontrou com a família e a primeira coisa que fez foi amamentar sua filha de 8 meses, disse o jornal Dominion Post.

Corredora neozelandesa Susan O'Brien
Reprodução/News.com.au
Corredora neozelandesa Susan O'Brien


"Eu realmente pensei que iria morrer", disse ela a repórteres. "Como estou amamentando minha filha, eu tenho um pouco de leite. Então eu pensei que isso deveria me manter."

Ela também levava dois litros de água, tubos de gel e uma barra de cereais, informou a rádio New Zealand.

A corredora disse ter passado frio durante a noite e que cavou um buraco e se cobriu com lama para se manter aquecida. "Eu jogava sujeira em mim mesma e toda vez que eu ouvia alguma coisa eu gritava 'ajuda'".

Ela disse ao jornal New Zealand Herald que o incidente não fará com que ela pare de correr.

Leia tudo sobre: neozelândiamundo insólitosobrevivência

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas