'Forrest Gump' inglês dá a volta ao mundo em 621 dias

Por Ansa |

compartilhe

Tamanho do texto

Ele passou pelos cinco continentes e atravessou 26 países para ultrapassar a marca que australiano conquistou em 2013

O barman britânico Kevin Carr, 34 anos, conseguiu concluir um grande desafio: dar a volta ao mundo correndo em 621 dias. Com o feito, encerrado nesta quinta-feira (09) à noite, Carr agora aguarda a homologação da World Running Association como o homem que fez esse percurso de maneira mais rápida.

Inglês partiu de Devon, na Inglaterra, em julho de 2013, e percorreu mais de 26 mil quilômetros de distância
Reprodução
Inglês partiu de Devon, na Inglaterra, em julho de 2013, e percorreu mais de 26 mil quilômetros de distância

"Eu estou muito cansado. O final foi incrível com todo o apoio que recebi. Foi muita pressão nas últimas semanas para chegar até aqui e bater o recorde. Eu tive inúmeros imprevistos e consegui quebrar o recordo com menos de um dia", disse o exausto Carr à imprensa britânica.

O "Forrest Gump" inglês partiu de Devon, na Inglaterra, em julho de 2013, e percorreu mais de 26 mil quilômetros de distância - o que corresponde a cerca de 36 milhões de passos. Ele passou pelos cinco continentes e atravessou 26 países para conseguir ultrapassar a marca que o australiano Tom Denniss conquistou em 2013.

O britânico precisou escalar montanhas, atravessar desertos e fugir de 26 ursos que o perseguiram durante o caminho. "Um deles, inclusive, não parava de me seguir e foi um dos momentos mais aterrorizantes da minha vida", destacou.

Para conseguir completar o percurso nesse tempo, Carr precisou correr cerca de uma maratona por dia (42km) e gastou 16 pares de tênis. Apesar da rotina de 15 horas de corridas diárias, ele foi atualizando seu blog de maneira constante.

O inglês contou que decidiu correr após uma grande depressão, que fez com que ele tentasse se suicidar. Por isso, todo o dinheiro que arrecadou para realizar o feito será doado para a Cruz Vermelha e para a organização SANE, que ajuda pessoas que tenham problemas psicológicos e mentais.

Leia tudo sobre: Corridabritânicoforrest gump

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas