Índia cria 'muros da vergonha' contra pessoas que defecam ao ar livre

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Vilarejos em Bengala Ocidental fizeram murais para incluir nomes e fotos de pessoas flagradas se aliviando em público

BBC

Um distrito no leste da Índia anunciou planos para "envergonhar" publicamente pessoas que defecam ao ar livre.

Os vilarejos do distrito de Nadia, em Bengala Ocidental, estão construindo 'muros de vergonha' incluindo nomes e fotos de pessoas flagradas se aliviando em público, segundo o site de notícias indiano NDTV.

Autoridades locais querem que os moradores formem comitês para monitorar quem continua a defecar fora dos banheiros.

O objetivo da medida é tornar o ato um "crime social", segundo um funcionário do governo.

"Isso está sendo feito para estigmatizar e envergonhar aqueles que escolhem defecar em espaços públicos", diz P.B. Salim, acrescentando que, enquanto os banheiros estiverem sendo construídos, persuadir as pessoas a usá-los é um outro problema.

"Será difícil esperar que as pessoas que vêm defecando ao ar livre por gerações a fio usem banheiros imediatamente", diz ele.

Quem for flagrado defecando em público terá os benefícios sociais suspensos e só poderá recuperá-los se mudar os hábitos, explica Salim.

Um censo realizado em 2011 mostrou que aproximadamente metade da população da Índia - ou mais de 500 milhões de pessoas - não tem acesso a um banheiro.

Um morador da região afirmou reconhecer os riscos à saúde que o hábito causa, mas alega que as pessoas são movidas pela norma social.

"Por toda a minha vida, nunca vi ninguém em meu bairro usando banheiros", diz ele. "Agora as coisas estão mudando, mas leva tempo".

Leia tudo sobre: Índiamurosdefecararlivre

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas