Mulher morre com tiro disparado por arma escondida em sutiã nos Estado Unidos

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Christina Bond costumava andar armada e acidente ocorreu enquanto ela arrumava o revolver no coldre preso ao sutiã

Ela costumava andar armada
Youtube/Reprodução
Ela costumava andar armada

Uma mulher de 55 anos morreu após a arma que ela usava escondida em um coldre no sutiã disparar acidentalmente.  A bala atingiu o olho dela, que chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. As informações são do jornal Daily Maily.

De acordo com a publicação, o caso aconteceu em Saint Joseph, em Michigan, nos Estados Unidos, no dia 1º de janeiro deste ano, mas só foi dilvulgada pela polícia nesta quinta-feira (19).

Leia também: Criança de três anos mata a mãe com um tiro acidental nos Estados Unidos

Ex-oficial da Marinha, Christina Bond costumava andar armada e o acidente teria ocorrido quando ela olhava para o cano da arma, um revolver calibre 22, ao ajustá-lo no coldre acoplado ao sutiã.

Christina Bond tinha 55 anos e era ex-oficial da Marinha. Foto: YOUTUBE / REPRODUÇÃOEla costumava andar armada. Foto: Youtube/ReproduçãoSegundo a polícia, ela se atrapalhou ao arrumar a arma no coldre acoplado ao sutiã. Foto: Youtube/ReproduçãoChristina Bond deixou dois filhos, Nicholas Christe e Noah Bond. Foto: Facebook/ReproduçãoChristina Bond ao lado do filho Nicholas Christe . Foto: Facebook/Reprodução


“Ela estava tendo problemas para se adaptar a arma ao coldre do sutiã e não estava conseguindo ajustar da forma como queria. Ela estava olhando para a arma, que acidentalmente, disparou ", disse ao jornal Mark Clapp, da polícia de Saint Joseph.
 
A mulher deixa dois filhos, Nicholas Christe e Noah Bond.. Em uma publicação no Facebook, Christe descreveu sua mãe como “soldado mais poderoso da Terra”.
 
"Minha mãe era a pessoa mais forte que eu já conheci. É por ela, que eu me tornei quem eu sou. Ela me dá forças para lutar por aquilo em que eu acredito."













Leia tudo sobre: morte acidentalarmacoldresutiãEstados Unidos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas