De acordo com porta-voz Alaska Airlines, voo 567 se preparava para sair quando ocorreu o incidente; a mulher passa bem

Um voo da Alaska Airlines fora de Los Angeles foi adiada depois de uma passageira ter sido picada por um escorpião. As informações são do USA Today.

Leia mais notícias do Mundo Insólito

Após mulher ter sido picada, membros da tripulação procuraram por outros aracnídeos no voo
Reprodução/Twitter
Após mulher ter sido picada, membros da tripulação procuraram por outros aracnídeos no voo

Segundo o porta-voz Alaska Airlines, Cole Cosgrove, o voo 567 estava se preparando para sair quando ocorreu o incidente. Após o incidente, a mulher foi avaliada por médicos e depois, liberada. Mas não pegou o mesmo voo, de acordo com Cosgrove. 

Membros da tripulação tiveram de procurar outros aracnídeos indesejados dentro da aeronave. O escorpião foi morto pela tripulação que, em seguida, procurou por outros aracnídeos antes da decolagem, disse Cosgrove.

Não ficou claro como o escorpião entrou na aeronave, que tinha chegado a Los Angeles vinda de Los Cabos, México.

Todos os escorpiões possuem veneno, mas nem todos são prejudiciais para os seres humanos. Alguns escorpiões possuem um veneno valioso que está sendo testado para tratamento de câncer e outras doenças. Um escorpião pode ter uma picada valiosa - um galão de veneno de algumas espécies pode valer milhões de dólares.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.