Pyotr Pavlensky diz demonstrar como as autoridades cortam os indesejados da sociedade usando esse tipo de diagnóstico

O artista russo Pyotr Pavlensky, conhecido por seus protestos chocantes, cortou parte da própria orelha em uma nova manifestação entitulada "segregação" enquanto estava sentado sobre o muro de instituição psiquiátrica de Moscou, Rússia, neste domingo (19). As informações são do The Moscow Times.

Leia todas as notícias do Mundo Insólito

Pyotr Pavlensky corta parte da orelha enquanto está sentado em muro que envolve centro psiquiátrico de Moscou, Rússia
Reuters
Pyotr Pavlensky corta parte da orelha enquanto está sentado em muro que envolve centro psiquiátrico de Moscou, Rússia


No ano passado, Pavlensky foi manchete em todo o mundo após pregar seus testículos em uma rua de paralelepípedos da Praça Vermelha ao protestar sobre o uso da psiquiatria forense para fins políticos.

Ele cortou sua orelha enquanto estava sentado nu na parede do Centro Estadual Científico Serbsky de Psiquiatria Social e Forense, uma instituição famosa na época soviética por declarar dissidentes políticos mentalmente instáveis. Ele foi levado pela polícia após a façanha.

Pavlensky disse que ele estava demonstrando como as autoridades poderiam "cortar" uma pessoa indesejada da sociedade usando diagnóstico psiquiátrico e médicos para enviar um cidadão à força para hospital penitenciário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.