Americano pede socorro pelo Twitter após ficar preso em livraria

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

David Willis, do Texas, não se deu conta de que o local estava fechando e ficou dentro da livraria Waterstones por duas horas

BBC

Um turista americano acabou ficando preso dentro de uma grande livraria em Londres depois que o estabelecimento fechou.

Leia mais notícias do Mundo Insólito

Google
Americano é esquecido dentro de livraria no centro de Londres e pede ajuda à polícia


David Willis, do Texas, não se deu conta de que o local estava fechando e ficou dentro da livraria Waterstones, em Trafalgar Square, por duas horas na quinta-feira (16) à noite. Ele usou o Twitter para divulgar uma mensagem sobre sua situação e esperou pela chegada da ajuda.

Quando foi libertado ele escreveu na rede social que estava livre. O gerente da loja, Matt Atkins disse estar "muito envergonhado".

"Por favor me deixem sair"

Willis afirmou que subiu ao andar de cima da loja por 15 minutos e, quando desceu, as luzes estavam apagadas e as portas trancadas. Ele publicou uma foto de si mesmo no Instagram atrás das persianas da loja com a mensagem: "Este sou eu dentro da livraria Waterstones em Londres".

Internautas disseram que gostariam de ter ficado presos dentro de grande livraria londrinaEm outra mensagem, republicada mais de 12 mil vezes no Twitter, ele afirmou: "Olá Waterstones, eu estou trancado dentro de sua livraria em Trafalgar Square por duas até agora. Por favor, deixem-me sair".

Ele recebeu centenas de respostas. Algumas pessoas perguntavam se ele estava aproveitando a oportunidade para ler alguns livros, outras diziam que adorariam estar no lugar dele. Houve até sugestões para que ele construísse um forte de livros.

A Waterstones publicou em sua própria conta de Tweeter uma mensagem quando o problema foi resolvido. "Estamos satisfeitos em anunciar que o sr. Willis é um homem livre novamente. Obrigado por sua preocupação e tweets".

Atkins afirmou que a livraria também recebeu mensagens afirmando que aquele nãos eria um lugar ruim para se ficar preso.

"Estamos envergonhados. Esse não é o tipo de coisa que desejamos que aconteça e obviamente vamos investigar e lidar com isso. Mas há definitivamente lugares piores para se ficar preso à noite toda".

Um porta-voz da polícia metropolitana afirmou que a instituição foi chamada por volta de 21h35 "por um homem que alegava ter ficado preso dentro de uma loja".

Ele afirmou: "Policiais foram ao local e após a chegada de um funcionário com as chaves o homem saiu do prédio logo depois das 23h".

Leia tudo sobre: livraviainglaterralondrestwitterrede socialtexaswillis

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas