Faculdade polonesa investiga aluno que costurou 'eu te amo' na barriga de um cão

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Estudante está no quarto ano do curso de medicina veterinária e pode ser expulso; ele postou foto no Facebook da namorada

Estudante de veterinária pode ser expulso de uma universidade da Polônia por escrever "eu te amo" na barriga de um cachorro que operava, segundo informações do Metro News UK.

Fevereiro: Maus tratos em zoológico público da Indonésia geram polêmica

Reprodução/Facebook
Estudante de veterinária pode perder a vaga na universidade após 'escrever' na barriga do cão que operava


Laudos: Animais sofreram maus tratos em pet shop de Sorocaba

O estudante do quarto ano da Universidade de Warmia e Mazury em Olsztyn, cidade do nordeste da Polónia, postou a foto na linha do tempo da namorada, mas a deletou rapidamente após a imagem se tornar alvo de críticas entre amigos do casal, que a definiram como "grotesca" e "antiética".

Aparentemente, a namorada do rapaz gostou da homenagem e defendeu o jovem em posts no Facebook.

"O que há de tão antiético nessa foto? Ele aprendeu a costurar e está apenas mostrando sua habilidade", escreveu ela na rede social. A garota é membro do conselho estudantil universitário.

Responsável pelo curso na Warmia e Mazury, Andrzej Koncicki decidiu pedir investigação para apurar as circunstâncias do caso assim que soube do incidente.

"Um dos primeiros pontos do código de ética veterinária é exercer a profissão prezando os bons costumes", explicou.

Koncicki acrescentou ainda que costurar palavras em um cão "parece ser um comportamento imoral e antiético para um estudante de medicina veterinária", e expressou preocupação sobre o que teria levado o profissional que supervisionava o jovem a não interromper o ato imediatamente.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas