Britânica aposentada tenta identificar 'erva daninha' e descobre pé de maconha

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Patricia Hewitson contatou programa de jardinagem; senhora não responderá por crime por ter agido 'de boa fé', diz a polícia

BBC

Uma aposentada britânica teria cultivado involuntariamente um pé de maconha de 1,5m de altura em seu quintal na cidade de Exmouth, no sul da Inglaterra.

Leia mais notícias do Munso Insólito

Reprodução/BBC
Polícia afirmou que, apesar de cultivar uma planta ilegal, a aposentada o fez de boa fé e não será indiciada


Patricia Hewitson entrou em contato com o programa de jardinagem da BBC para tentar identificar uma "erva daninha". Ela chegou a colocar uma foto da planta em redes sociais e a enviá-la por e-mail para amigos para tentar identificá-la.

"Recebi uma série de respostas interessantes, incluindo uma da polícia. Eles disseram que não me indiciariam porque fiz tudo de boa fé".

Sementes para pássaros

Sarah Chesters, especialista do programa de jardinagem da BBC, acredita que a planta pode ter crescido a partir de uma semente que caiu de um dispositivo para alimentar pássaros que a aposentada tem no seu quintal.

"É muito comum que a alimentação de pássaros contenha uma grande variedade de sementes, e a da cannabis já foi encontrada entre elas".

Os policiais orientaram Hewitson e seu marido a arrancar a planta e a levá-la a uma delegacia ou ao centro de reciclagem local. A Polícia também afirmou que todo cidadão britânico que tiver acesso a uma droga ilegal, como a maconha, deve destruí-la ou entregá-la a autoridades.

"Ela cometeu uma transgressão, mas, como há circunstâncias atenuantes, não levaremos o caso adiante", afirmou o sargento Ryan Canning.

Leia tudo sobre: chesterssarahinglaterraexmouthhewitsoncanning

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas