Mulher de 54 anos mata leopardo usando uma pequena pá na Índia

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A indiana Kamla Devi permanece internada após a batalha que durou uma hora perto de sua aldeia no distrito de Rudraprayag

Uma indiana de 54 anos matou um leopardo usando apenas suas ferramentas agrícolas após ter sido atacada enquanto voltava para casa. As informações são do Daily Mail.

Fevereiro: Presença de leopardo deixa cidade de Meerut, na Índia, em pânico

Reprodução/Youtube
Kamla Devi, 54, permanece no hospital depois de lutar por uma hora com leopardo perto de sua aldeia no distrito de Rudraprayag, Uttarakhand, Índia


2011: Leopardo ataca guarda florestal na Índia

Kamla Devi permanece internada depois de travar batalha de uma hora com o predador perto de sua aldeia no distrito de Rudraprayag, Uttarakhand, no domingo. Mãe de um único filho, a mulher usou foice e uma pequena pá para lutar contra o leopardo e depois percorreu vários quilômetros em busca de ajuda.

Ela havia sofrido cortes profundos pelo corpo, três fraturas e perdido uma quantidade significativa de sangue quando chegou ao hospital. O animal foi encontrado morto mais tarde perto da aldeia de Kamla, Koti Bodna, em Rudarprayag.

Leia mais notícias do Mundo Insólito

"Enquanto Kamla voltava para a aldeia, o leopardo a atacou", disse um morador não identificado ao India Today.

"Ela mostrou grande coragem lutando com o animal com uma foice e uma pequena pá. O animal fugiu do local após a luta e foi encontrado morto perto da aldeia."

O especialista em vida selvagem Lakhpat Rawat manifestou surpresa com a quantidade de tempo que a luta durou.

"Um leopardo desiste do ataque somente quando encontra forte oposição. O ataque é limitado a alguns minutos, não mais do que dez", afirmou ele.

Rawat acrescenta que a razão pela qual o leopardo continuou atacando mesmo após ter sido golpeado pode ser a inexperiência.

"Também acho que o grande número de lesões teria motivado o felino a continuar atacando na esperança de matar a mulher", disse.

Viúva, a indiana disse à mídia local que ela se lembra de toda a briga, inclusive quanto tempo ela durou.

A equipe médica afirmou que, embora sua condição seja estável, Kamla levou mais de 100 pontos por causa dos cortes profundos na cabeça e nas pernas. Ela também está tratando de duas fraturas, uma em cada mão.

Leia tudo sobre: indialeopardolutakamla

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas