A organização se recusa a remover foto alegando que direitos autorais são do animal; David Slater pode processar companhia

Macaca tira 'selfie' com equipamento do fotógrafo David Slater na Indonésia, em 2011
Wikimedia Commons/ David Slater
Macaca tira 'selfie' com equipamento do fotógrafo David Slater na Indonésia, em 2011

A Wikimedia Foundation, responsável pela Wikipedia, entre outras organizações, se recusa a remover a imagem tirada por uma macaca em 2011 no equipamento do fotógrafo britânico David J. Slater, especializado em vida selvagem e detentor dos direitos autorais.

Leia todas as notícias do Mundo Insólito

Segundo o The Guardian, o grupo alega que o fato de o macaco ter pressionado o botão da câmera isenta Slater dos direitos autorais sobre a foto e a torna pública.

À época, o fotógrafo tentava tirar fotos de animais da espécie Macaca Nigra na ilha de Celebes, Indonésia. Após colocar a câmera no tripé e se afastar, um dos animais se aproximou a fim de investigar o equipamento e levou a câmera, fazendo inúmeros cliques.

Muitas das imagens ficaram borradas e outras mostravam apenas o chão da floresta, mas entre elas havia também um punhado de imagens fantásticas - incluindo 'selfie' feito por uma macaca sorrindo que estampou manchetes em todo o mundo e levou Slater a seus 15 minutos de fama.

"Eles estavam bem agitados, saltando de um lado para o outro ao redor do equipamento e pareciam posar para a câmera enquanto apertavam o botão", disse ele à época. "O som chamou a atenção dos macacos e eles continuaram pressionando o botão. Em um primeiro momento, eles se assustaram e saíram correndo, mas logo voltaram - Foi incrível ver tudo aquilo".

Mas depois de aparecer em sites, jornais, revistas e programas de televisão em todo o mundo, Slater agora volta aos holofotes por mover batalha judicial contra o Wikimedia após a organização adicionar a imagem a sua coleção de fotos gratuitas.

O Wikimedia Commons possui acervo de 22.302.592 fotos e vídeos que são de uso gratuito. A famosa foto da macaca que usou o equipamento de Slater para fazer seu 'selfie' está na base de dados.

Conheça alguns mitos sobre animais

Nascido no condado de Gloucestershire, Inglaterra, o fotógrafo alega que a decisão coloca em risco sua renda, já que qualquer um pode publicar a foto de graça sem ter que pagar a ele pelo clique.

Ele queixou-se ao Wikimedia dizendo ter direitos autorais sobre a imagem, mas relatório de transparência recente do grupo com detalhes sobre os pedidos de remoção recebidos pela companhia revela que, para os editores, Slater não tem direito sobre a imagem, pois um macaco fez o clique. 

"Se macacos pegaram a câmera, os direitos autorais são deles, não meus. Esse é basicamente o argumento deles. O que eles não percebem é que vão precisar de um tribunal para decidir isso", disse ele.

A imagem foi removida no passado, quando ele se queixou, mas voltou a fazer parte do sistema do grupo.

"Alguns dos editores acham que a foto deveria ser novamente colocada no banco de imagens da companhia. Eu disse a eles que a foto não é de domínio público. Um macaco apertou o botão, mas eu fiz toda a criação."

Editores da Wikimedia estão divididos sobre a questão jurídica, assim como seus usuários.

Um deles, Saffron Blaze, disse em uma seção de comentários associado a foto que "Eu não tenho certeza, não estou convencido sobre o argumento de que não há direitos autoras sobre a imagem. Neste caso, eles [Wikimedia] foram muito desrespeitosos. O fotógrafo criou as condições para permitir que as fotos fossem feitas. Há jurisdições sobre isso. Até mesmo o macaco poderia ser tido como autor da foto", comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.