Estão na lista norte-americano famoso por se 'transformar' em gato, a Barbie ucraniana e o brasileiro com a fisionomia de Ken

Maria José Cristerna, a "Mulher Vampira", chama a atenção não apenas por ter o corpo coberto por tatuagens, piercings e placas de titânio. Mas por sua iniciativa social. Mãe de quatro filhos, a mexicana de Guadalajara usa sua fama como mulher com maior número de modificações corporais da América para ajudar vítimas da violência doméstica.

Leia mais notícias do Mundo Insólito

Desde 2012, a ex-advogada atravessa o país realizando palestras sobre crimes dos quais ela também foi vítima: Maria sofreu vários tipos de abuso enquanto esteve casada por dez anos. 

Março: Contra violência doméstica, campanha italiana visa salário para donas de casa

"Nos primeiros dias, a população local atravessava a rua quando ela passava, fazendo gestos como se ela fosse o diabo ou estivesse possuída", disse um amigo da mexicana. "Muitos pensavam que ela estava drogada ou louca. Hoje eles beijam sua mão quando a encontram", explicou.  Veja mais casos de mudanças no corpo radicais.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.