Autoridades dos EUA apreendem 67 caracóis gigantes em aeroporto

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Eles tinham sido enviados da Nigéria para alguém na Califórnia; esses moluscos são proibidos nos EUA e acabaram incinerados

BBC

Sessenta e sete caracóis africanos gigantes vivos foram confiscados por agentes da alfândega dos Estados Unidos na maior apreensão do molusco já realizada por autoridades.

Leia mais notícias do Mundo Insólito

AP
Caramujos podem carregar parasitas que são prejudiciais para os seres humanos


2013: Conheça dez novas espécies descobertas

Os caracóis, proibidos nos EUA, foram encontrados por inspetores de proteção de fronteiras e da alfândega (CBP, na sigla em inglês) no Aeroporto Internacional de Los Angeles.

Eles tinham sido enviados da Nigéria para uma pessoa na Califórnia, disse Lee Harty, uma porta-voz da agência alfandegária. Os moluscos estão entre os maiores caracóis terrestres do mundo e podem atingir 20cm de comprimento, disseram autoridades.

O Departamento de Agricultura dos EUA colocou os caracóis em um incinerador após eles terem sido inspecionados, disse Lee, já que eles podem carregar parasitas que são prejudiciais aos seres humanos, incluindo um que pode levar à meningite.

Eles também são potencialmente prejudiciais à natureza, disse Maveeda Mirza, gerente de programa da CBP para a agricultura.

"Esses caracóis são altamente prejudiciais às plantas locais porque comem qualquer tipo de vegetais", disse Maveeda.

Segundo ela, investigadores tentam descobrir por quê uma pessoa queria tantos caracóis. "Estamos investigando o que aconteceu mas não parece se tratar de contrabando", disse ela.

Mirza acrescentou que esta é a primeira vez que eles confiscaram uma grande quantidade de caracóis, disse ela, embora tenha havido casos dos moluscos serem encontrados acidentalmente na bagagem de pessoas.

Leia tudo sobre: caracoiseuaaeroportocalifornianigeriamaveedalos angeles

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas