Homem morre sufocado em competição de cachorro-quente nos EUA

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

De acordo com xerife, comida ficou entalada na garganta de Walter Eagle Tail, 47, e paramédicos não conseguiram retirá-la

Uma competição de ingestão de cachorros-quentes no Dia da Independência se tornou trágica quando um dos participantes sufocou até a morte na Dakota do Sul. As competições de comer rapidamente são populares no fim de semana de 4 de julho.

EUA: Devorador de cachorro-quente conquista oitavo título consecutivo

Walter Eagle Tail, 47, de Custer, morreu no hospital na quinta-feira depois de fracassarem tentativas de salvá-lo no local, disse o xerife do condado de Custer, Rick Wheeler, ao jornal Rapid City.

Veja imagens da competição realizada no dia 4 no Brooklyn:

Devoradores de hot-dog nos Estados Unidos. Foto: ReutersAmericanos participam de competição de devoradores de hot-dog. Foto: ReutersAmericano vence pela oitava vez competição. Foto: ReutersAmericano vence pela oitava vez competição. Foto: ReutersCompetição de devoradores de hot-dog nos Estados Unidos. Foto: ReutersAmericano vence pela oitava vez competição. Foto: ReutersCompetição de hot dog nos Estados Unidos. Foto: Reuters

"Havia alguém fazendo massagem cardíaca quando chegamos", disse Wheeler. "Ele provavelmente apenas sufocou. Ficou entalado em sua garganta e os paramédicos não conseguiram tirá-lo. Tudo aconteceu em minutos", disse o xerife.

A Câmara do Comércio de Custer, que patrocinou a competição, cancelou uma disputa de ingestão de tortas programada para sexta-feira (4).

O campeão por oito vezes Joey "Jaws" Chestnut conseguiu comer 61 cachorros-quentes em dez minutes em uma competição anual em Coney Island, Brooklyn, na sexta — oito a menos do recorde de 69 que ele engoliu em 2013.

*Com AP

Leia tudo sobre: cachorro quenteeuadakota do sul

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas