Mães assassinas: Veja mulheres condenadas pela morte dos próprios filhos

Por iG São Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

Americana comeu corpo de seu bebê após matá-lo enquanto inglesa assassinou casal de filhos para vingar separação amarga

Em julho de 2009, policiais de San Antonio, Texas, presenciaram uma cena tão forte que mal conseguiram falar: um bebê de ao menos três semanas de vida estava desmembrado no quarto de uma casa térrea com três de seus dedos do pé mastigados, o rosto deformado por mordidas e a cabeça, decepada.

Veja outras notícias do Mundo Insólito

Visivelmente perturbada, a mãe do menino, Otty Sanchez, 33, estava sentado no sofá com um ferimento em seu peito e a garganta parcialmente cortada gritando "Eu matei o meu bebê! Eu matei o meu bebê!", comentou à época o então chefe de polícia, William McManus. A mulher disse aos policiais que o diabo a fez cometer o crime. 

Como se a morte não fosse horrível o bastante, Otty aparentemente comeu o cérebro da criança e algumas outras partes do corpo antes de esfaquear a si mesma, segundo McManus. Em 2010, ela foi internada em uma instituição de segurança máxima para criminosos com doença mental. Conheça outros casos:

Otty Sanchez, EUA: após decapitar seu bebê de 3 semanas, a texana desmembrou seu corpo e comeu partes dele em 2009. Foto: Reprodução/YoutubeOtty Sanchez, EUA: ela diz que o diabo a mandou cometer o crime. Ela foi enviada a instituição para doentes mentais. Foto: Reprodução/YoutubeTheresa Riggi, Escócia: a americana que morava na Europa esfaqueou seus três filhos até a morte em 2010. Foto: Reprodução/YoutubeTheresa Riggi, Escócia: condenada a 16 anos por matar os gêmeos Austin e Luke, 8, e Cecilia, 5, ela se matou em 2011. Foto: Reprodução/YoutubeShaquan Duley, EUA: ela foi condenada por ter matado os filhos Devean, 2, e Ja'van, 18 meses, em 2010. Foto: Reprodução/YoutubeShaquan Duley, EUA: ela contou ter matado os dois após sua mãe questionar sua capacidade de cuidar das crianças. Foto: Reprodução/YoutubeDominique Cottrez, França: a mulher teria matado e enterrado mais de dez bebês em seu quintal. Ela pode ser condenada à prisão perpétua. Foto: Reprodução/YoutubeLianne Smith, Suíça: condenada pela morte em 2011 de Rebecca, 5, e Daniel, 11 meses, a mulher confessou o crime. Foto: Reprodução/YoutubeLianne Smith, Suíça: autópsia revelou que ambas as crianças morreram por asfixia. Mãe cumpre prisão perpétua. Foto: Reprodução/MurderpediaMarci Webber, EUA: a americana matou sua filha Maggie, 4, com uma facada no pescoço, em 2010. Ela está sob tratamento psiquiátrico. Foto: Reprodução/Chicago TribuneHelen Caudwell, Inglaterra: ela matou a filha, Bethany Caudwell-Kennerly, sufocada com um urso de pelúcia em 2009. Foi sentenciada à prisão perpétua. Foto: Reprodução/Manchester Evening NewsYvonne Freaney, País de Gales: a britânica admitiu ter matado seu filho autista, Glen Freaney, 11, em 2011. Foto: Reprodução/The TelegraphYvonne Freaney, País de Gales: mãe de mais 3, ela estrangulou o menino e foi sentenciada a 3 anos de supervisão judicial. Foto: Reprodução/Daily MailFiona Donnison, Inglaterra: ela foi considerada culpada pela morte dos filhos Harry, 3, e Elise, 2, por sufocamento em 2010. Foto: Reprodução/MurderpediaFiona Donnison, Inglaterra: ela matou os filhos para se vingar do pai das crianças, Paul, após uma separação amarga. Ela pegou prisão perpétua. Foto: Reprodução/MurderpediaChina Arnold, EUA: a americana foi condenada à prisão perpétua por matar sua filha de 28 dias em 2005. Foto: Reprodução/MurderpediaChina Arnold, EUA: após brigar com namorado, ela colocou a menina no microondas. Psicólogos não detectaram doença mental grave. Foto: Reprodução/MurderpediaEdyan Farah, EUA: a mulher matou dois de seus cinco filhos após trancá-los por dez horas em um armário. Uma tinha 7 anos e gêmeas tinham 5. Foto: Reprodução/Youtube


Leia tudo sobre: maes assassinaseuainglaterracrimemaemulherfilhos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas