Americana comeu corpo de seu bebê após matá-lo enquanto inglesa assassinou casal de filhos para vingar separação amarga

Em julho de 2009, policiais de San Antonio, Texas, presenciaram uma cena tão forte que mal conseguiram falar: um bebê de ao menos três semanas de vida estava desmembrado no quarto de uma casa térrea com três de seus dedos do pé mastigados, o rosto deformado por mordidas e a cabeça, decepada.

Veja outras notícias do Mundo Insólito

Visivelmente perturbada, a mãe do menino, Otty Sanchez, 33, estava sentado no sofá com um ferimento em seu peito e a garganta parcialmente cortada gritando "Eu matei o meu bebê! Eu matei o meu bebê!", comentou à época o então chefe de polícia, William McManus. A mulher disse aos policiais que o diabo a fez cometer o crime. 

Como se a morte não fosse horrível o bastante, Otty aparentemente comeu o cérebro da criança e algumas outras partes do corpo antes de esfaquear a si mesma, segundo McManus. Em 2010, ela foi internada em uma instituição de segurança máxima para criminosos com doença mental. Conheça outros casos:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.