Torcedores da China compram licenças médicas falsas antes da Copa do Mundo

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Fãs do esporte recorrem à medida para poder assistir aos jogos no horário do Brasil, que na China passarão de madrugada

A Copa do Mundo aparentemente está fazendo muitos ficarem "doentes" na China, informa a rede de TV americana CNN. Os torcedores do país vêm se preparando para o início do maior evento esportivo deste ano comprando na internet licenças médicas falsas.

Acompanhe a cobertura do iG sobre a Copa do Mundo

Reprodução
Site chinês oferece licenças médicas falsas de um hospital de Pequim

O principal motivo é o fato de que, para os chineses, essa é "a Copa do Mundo com a maior diferença de horário da história", segundo caracteriza a mídia do país asiático. Para poder assistir aos jogos no horário do Brasil, que na China serão transmitidos entre 3 e 6 da manhã, os torcedores vêm comprando as licenças falsas por meio de sites como o Taobao.

Boletos-padrão de licenças médicas sempre estiveram disponíveis no site por menos de US$ 0,16. Mas, para conseguir uma licença que pareça autêntica, com um carimbo de um hospital e um diagnóstico convincente de um médico, eles custarão US$ 50 por folha, segundo a mídia local.

Um torcedor relatou considerar comprar as licenças online pela emoção de assistir aos jogos enquanto acontecem. "As gravações dos jogos não têm sentido, apenas as transmissões ao vivo são divertidas. Se eu ficar a noite toda acordado para assistir aos jogos, estarei com tanto sono no dia seguinte que meu chefe vai me repreender", disse o homem com sobrenome de Liu à Sina News.

Buscas diretas pelas licenças não funcionam em sites como o Taobao. Para escapar da ilegalidade de vender notas fraudulentas, os vendedores as intitulam como "notas de prova de diagnóstico".

Segundo a Sina, um vendedor online alegou oferecer licenças médicas com registros de consulta em um hospital de Pequim pelo dobro do preço das notas sem tais registros.

Para evitar que os empregados peguem licenças médicas falsas, uma companhia de TI na Província de Guangdong fez a rara oferta de três dias de licença remunerada para os empregados que querem assistir aos jogos da Copa.

*Com informações da rede de TV CNN

Leia tudo sobre: chinalicença médicacopa do mundocopa 2014

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas