Americana pega perpétua por matar namorado com salto agulha de 14 centímetros

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Durante discussão em junho, Ana Trujillo, 45, atingiu namorado de 59 anos ao menos 25 vezes no rosto e cabeça com o sapato

AP
Ana Trujillo testemunha durante seu julgamento em Houston, Texas. Sapato usado no crime é visto abaixo (10/4)

A americana Ana Trujillo foi sentenciada nesta sexta-feira à prisão perpétua por atingir seu namorado fatalmente com um sapato de salto agulha de 14 cm, ferindo-o ao menos 25 vezes no rosto e cabeça.

Leia mais notícias do Mundo Insólito

A sentença foi proferida depois de um júri tê-la condenado na terça-feira pelo assassinato de Alf Stefan Anderson, 59, durante uma discussão em junho em um condomínio de Houston, Texas. Os advogados de defesa argumentaram que a mulher de 45 anos estava se defendendo de um ataque de Andersson, que era um professor e pesquisador da Universidade de Houston.

Trujillo pôde ser vista chorando em silêncio nesta sexta quando sua sentença foi declarada. "Nunca quis feri-lo", afirmou antes de o juiz anunciar sua decisão final. "Nunca foi minha intenção. Eu o amava. Queria me livrar (da agressão). Nunca quis matá-lo."

Durante os argumentos finais na fase de punição do julgamento, o promotor John Jordan pediu aos jurados a sentença máxima: prisão perpétua. Segundo Jordan, Trujillo não apenas matou violentamente Andersson, mas também tentou arruinar sua reputação durante o julgamento ao falsamente declarar que ele a submetia a abusos.

O advogado de Trujillo, Jack Carroll, pediu aos jurados que vissem que sua cliente agiu no calor do momento, atenuante que limitaria sua sentença entre dois a 20 anos. pediu uma sentença de dois anos. "A senhora Trujillo precisa de misericórdia agora", disse.

Durante suas deliberações nesta sexta-feira, os jurados pediram para olhar várias provas, incluindo o salto agulha de camurça azul. Eles alcançaram um consenso depois de quatro horas e meia de deliberação, decidindo que o crime não foi cometido no calor do momento.

*Com AP

Leia tudo sobre: salto agulhaeuahoustontexas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas