Ricaço esquece iate de US$ 100 mil na Suécia

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Polícia fez campanha no Facebook para tentar achar dono, que surgiu surpreso por achar que havia vendido o barco há anos

Durante dois anos, o iate de 10 metros de comprimento Rinker 342 Fiesta Vee ficou em uma marina sueca sem sinal de seu proprietário. As chaves do barco estavam amarradas na grade do deque à vista de todos, segundo a rede de TV CNN, aumentando ainda mais o mistério sobre a embarcação na vila de Stromstad, no sul da fronteira com a Noruega. "Era só embarcar e ligar o motor. Mas ninguém fez isso", disse o inspetor policial da área, Christer Fuxborg.

Leia outras notícias do Mundo Insólito

Reprodução
Reprodução de site da CNN mostra iate de US$ 100 mil esquecido por proprietário

Com o acúmulo de custos não pagos do ancoradouro, começaram a crescer os temores de que algo terrível teria acontecido ao proprietário, que nunca ninguém viu, diz a rede de TV americana.

Dentro da cabine havia documentos noruegueses com data de 2008, uma das poucas pistas à mão da polícia sobre o marinheiro desaparecido.

Foi feito um apelo pelo Facebook, que foi reproduzido pela imprensa da Noruega. Eventualmente, o misterioso proprietário se apresentou, e parece que o barco simplesmente escapou de sua mente.

"Ele esqueceu dele", disse o inspetor Fuxborg, que rejeitou divulgar o nome do dono. "Acho que ele realmente deve ser muito rico para se esquecer de uma embarcação como essa", relatou, acrescentando: "Ele ficou surpreso: ele achava que o havia vendido há anos."

Apesar de ter ficado sem manutenção por dois anos, o iate suíço estava em boas condições. A maior preocupação do proprietário agora será pagar as taxas do ancoradouro. "Como convidado do porto, paga-se normalmente uma taxa entre US$ 30 a US$ 50 por 24 horas durante o verão", disse Fuxborg. "Mas não acho que ele terá problemas em pagar isso."

Leia tudo sobre: iatenoruegasuécia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas