Conheça as piores torturas da história da humanidade

Por iG São Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

Métodos incluem eletrocussão, perfuração de partes do corpo, mutilação e afogamento. Veja galeria de fotos

Torturas como esmagar dedos, perfurar partes do corporal, arrancar os seios, tirar a pele, queimar em touro de bronze são alguns dos métodos criados pelo homem como forma de punir seus condenados ou inimigos, marcando grandes tragédias mundiais. E a criatividade para infligir dor parece não ter fim. Confira abaixo galeria de fotos que mostra alguns dos piores métodos já inventados:

Cadeira Inquisitória: usada em interrogatórios na Europa Central, a cadeira tinha 2 mil agulhas e assento de ferro, que podia ser aquecido. Foto: ReproduçãoTortura D'agua: deitada com a barriga para cima, vítima engolia litros de água e depois recebia golpes no abdome. Foto: ReproduçãoTouro Siciliano: preso dentro de escultura oca de bronze que lembrava um touro, torturado morria queimado. Foto: ReproduçãoPau-de-Arara: no método tipicamente brasileiro, vítima era pendurada seminua, com mãos e pés atados, a uma barra de ferro fixada entre cavaletes a 20 cm do chão. Foto: ReproduçãoPata de gato: os profundos arranhões que o objeto causava rasgavam a pele e deixavam feridas horríveis no corpo dos torturados. Foto: ReproduçãoParafuso: objeto poderia ser usado para esmagar várias partes do corpo, como dedos das mãos e dos pés, joelhos e até cotovelos. Foto: ReproduçãoGarfos Hereges: a parte superior do garfo ficava na carne do queixo. Já a inferior pressionava o osso do esterno. Qualquer movimento poderia ser fatal. Foto: ReproduçãoGaiola Suspensa: a vítima era colocada nua dentro da gaiola, onde não tinha direito a comida nem bebida. Foto: ReproduçãoEsmaga Seio: aquecido, o ferro era capaz de arrancar a pele do seio. Com um movimento pequeno e brusco, torturador podia extirpar o próprio peito. Foto: ReproduçãoEsmagador de Cabeça: vítima apoiava o queixo na barra inferior do aparelho enquanto o parafuso gigante comprimia seu crânio lentamente. Foto: ReproduçãoDama de Ferro: colocada nessa cabine de metal, vítima tinha partes dos órgãos não vitais perfurados e sangrava até morrer. Foto: ReproduçãoCadeira do Dragão: preso sentava nu em uma cadeira para receber choques elétricos. Balde de metal aumentava a intensidade das ondas sobre o corpo. Foto: ReproduçãoBurro Espanhol: vítima 'sentava' em duas vigas transversais cortantes, com pesos amarrados aos pés. Foto: ReproduçãoA Serra: com as pernas suspensas, acusado tinha o corpo serrado até a morte. Foto: ReproduçãoCalda da Verdade: cabeça da vítima era mergulhada em balde com fezes e urina. Foto: Reprodução


Leia tudo sobre: metodos de torturabrasilnazismoditadura militarcrueldade

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas