Saudita perde 320 quilos, mais da metade do seu peso, após intervenção do rei

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Internado em agosto com 610 quilos, Shaari já melhorou força muscular, como a habilidade de mexer os pés

Na Arábia Saudita, você sabe que tem um problema de peso quando todos os cavalos do rei e todos os empregados reais tentam fazê-lo entrar em forma.

Segundo a CNN, um saudita perdeu 320 quilos, mais da metade de seu peso, depois que o monarca do país pessoalmente interveio em seu plano de emagrecimento.

Leia outras notícias do Mundo Insólito

Saudita Khaled Mohsen Shaari comemora perda de 320 quilos, mais da metade de seu peso, em hospital em Riad. Foto: ReproduçãoSaudita Khaled Mohsen Shaari é visto logo após sua internação em agosto. Rei interveio para que ele perdesse peso. Foto: ReproduçãoSaudita Khaled Mohsen Shaari é retirado com grua de casa para poder ser tratado em Riad. Foto: ReproduçãoSaudita Khaled Mohsen Shaari é retirado com grua de casa para poder ser tratado em Riad. Foto: Reprodução

Programa: Ex-mais gordo do mundo recebe pedido de casamento na TV

O rei Abdullah obrigou Khaled Mohsen Shaari a ser internado em um hospital de Riad em agosto, quando pesava 610 quilos, como parte de uma campanha de alerta contra a obesidade.

Na época, Shaari era incapaz de se mover sozinho e foi transferido de Jazan, sul da Arábia Saudita, para a capital. Essa foi a primeira vez em três anos que ele deixou sua cama.

Reino Unido: Ex-mais gordo do mundo apela à nudez em luta por cirurgia

Desde então, os médicos regularmente atualizam a imprensa local sobre os batimentos cardíacos do pacientes (melhorando), condição respiratória (melhorando), peso corporal (diminuindo) e bem-estar emocional (melhorando, apesar do circo da mídia). 

O médico Aa'ed al-Qahtani, chefe da equipe médica que supervisiona o tratamento, disse recentemente à revista Sayidaty que Shaari também melhorou a força muscular, incluindo a habilidade de mover os pés. Uma enorme cadeira de rodas foi construída para ajudá-lo a se tornar mais móvel.

Com os índices de obesidade aumentando em todos os Estado do Golfo rico em petróleo, o foco agora passa de um único súdito para todo o reino.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas