Num país com tantas restrições à liberdade individual, não há leis que restrinjam a venda e o consumo de maconha

A Coreia do Norte voltou ao noticiário depois da divulgação, na semana passada, da execução sumária de um tio do ditador Kim Jong-un, o terceiro na dinastia de tiranos que, desde 1948, dão as cartas no país de 24 milhões de habitantes e problemas estruturais gravíssimos - como falta de comida e energia elétrica.

Conheça a nova home do Último Segundo
Leia mais notícias de Mundo Insólito
Por fax, Coreia do Norte ameaça atacar Coreia do Sul

A nação, bancada durante décadas pelo regime comunista da União Soviética e que entrou em parafuso após a decadência dele, é um dos mais fechados do mundo. Os norte-coreanos são totalmente manipulados pelo governo, e os poucos visitantes admitidos no país são obrigados a seguir um roteiro onde muitas vezes há encenações da vida cotidiana preparadas para dar aos turistas uma falsa sensação de normalidade.

Sobram bizarrices no país, como você pode conferir na galeria abaixo. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.