'Mortos-vivos' desfilam em caixões em celebração ao Dia de Finados na Espanha

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Festejos globais do dia dedicado aos mortos têm banho de perfume em restos mortais e festa em cemitérios; assista

Vinculado ao lúdico e resumido no bordão "gostosuras ou travessuras", com o qual crianças buscam guloseimas de porta em porta sob a ameaça de responder com traquinagens aos que não oferecerem doces, o Halloween (ou Dia das Bruxas) tem celebrações verdadeiramente macabras no resto do mundo.

Conheça a nova home do Último Segundo

Reprodução/Youtube
Na Festa de Santa Marta de Ribarteme, na Espanha, vivos desfilam em caixões

O "Día de los Muertos", celebrado no México com reuniões familiares dentro de cemitérios, talvez seja o mais célebre entre os eventos relacionados ao Dia de Finados. Esses festejos, que reúnem parentes de mortos em torno de tumbas, ocorrem há pelo menos 3 mil anos.

Na Espanha, porém, a data é lembrada provavelmente da forma mais estranha: pessoas que tiveram experiências próximas da morte (sobreviventes de acidentes, por exemplo) desfilam em caixões numa procissão bizarra conhecida como Festa de Santa Marta de Ribarteme.

Em Madagascar, a Famadihana também reúne famílias em cemitérios, mas vai mais além: os corpos dos mortos são exumados e recebem banhos de perfume e vinho, para serem novamente enterrados num pomposo funeral.

Na Bolívia, o Dia de los Natitas remonta a uma tradição pré-colombiana que mescla desfiles folclóricos nas ruas antecendo a um ritual de decoração de restos mortais com flores e oferendas, como cigarros.





Leia tudo sobre: finadoshalloweencelebrações

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas