Multidão protesta no Afeganistão após assassinato de civil

Cabul, 28 jan (EFE).- Uma multidão de pessoas se concentrou hoje em frente a uma base dos Estados Unidos em Cabul, em protesto contra a morte de um civil pela Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), informou a organização, em comunicado.

EFE |

Na nota, a Isaf reconheceu a morte de um civil de manhã "durante um fato no qual esteve envolvido um comboio da Isaf", mas negou ter mais detalhes e disse estar realizando uma investigação junto às forças da ordem afegãs.

Embora a organização não tenha precisado onde ocorreu o incidente, o canal de televisão "Tolo" mostrou uma foto com dezenas de pessoas em atitude de protesto contra a morte de um imame local nas mãos das tropas internacionais na área.

Segundo a rede privada, o mulá caminhava pela rua quando as tropas da Isaf atiraram nele e o mataram, a partir do comboio.

"Lamentamos a perda de vida que ocorreu esta manhã", afirmou, na nota da Isaf, a porta-voz da organização Jane Campbell.

Antes, a Administração afegã qualificou como "inaceitáveis" as mortes de civis pelas tropas internacionais no Afeganistão.

A missão atribuiu a maioria das mortes civis no conflito aos talibãs, que recorrem frequentemente a atentados suicidas e execuções, mas também criticou os bombardeios indiscriminados da aviação internacional. EFE lo-daa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG