Mullen afirma que Al-Qaeda tem capacidade de atacar os EUA

A Al-Qaeda ainda é muito capaz de atacar os Estados Unidos, afirmou na noite de domingo o comandante do Estado-Maior conjunto Michael Mullen, em uma tentativa de demonstrar a necessidade de aumentar o apoio ao Afeganistão.

AFP |

Quase oito anos depois dos ataques del 11 de setembro contra Nova York e Washington, que deixaram quase 3.000 mortos, a Al-Qaeda é "ainda muito capaz e está muito concentrada nisto", declarou Mullen ao canal NBC.

"Também são capazes de treinar, apoiar e financiar, assim esta capacidade ainda é importante", explicou.

Estados Unidos e seus aliados enfrentam uma resistência cada vez mais dura das forças rebeldes vinculadas à Al-Qaeda na zona oriental do Afeganistão.

mk/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG