Mulheres tiram a roupa para protestar contra Felipe Calderón, presidente do México

Cinco mulheres ficaram nuas na noite de segunda-feira dentro da Câmara dos Deputados do México, na Cidade do México, para pedir a revogação do mandato do presidente Felipe Calderón.

AFP |

"Nos despimos para desnudar o governo de Calderón", indicava um cobertor exibido pelas manifestantes, que gritavam "fora Felipe Calderón", frase que também foi escrita em seus corpos, indicou a Notilegis, agência legislativa de notícias.


Mulheres protestam na Câmara dos Deputados do México / AFP

As mulheres entraram na Câmara com a ajuda de Gerardo Fernández Noroña, deputado do Partido do Trabalho e se manifestaram nuas com capuzes negros para não serem identificadas.

Elas protestaram em nome do "Comitê Nacional Civil para a Revogação de Mandato" do presidente Felipe Calderón e pediram uma consulta nacional em maio, acrescentou a Notilegis.

Em seu protesto, as manifestantes se referiram às mulheres assassinadas em Ciudad Juárez, às presas de consciência, às estupradas pelo Exército em operações de combate às drogas e às que são proibidas de abortar.

Leia mais sobre México

    Leia tudo sobre: méxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG