Mulher solteira procura marido, aos 107 anos

Pequim, 20 jan (EFE).- Wang Guiying nunca quis se casar porque a vida no matrimônio lhe parecia infeliz, mas, após 107 anos, mudou de opinião e procura namorado para não ser uma carga para a família, publicou hoje o site chinês Sohu.

EFE |

Wang, que deixou crescer o cabelo negro e comprido em um gesto de paquera, vive em Chongqing, no sudoeste da China, embora tenha nascido na província vizinha de Guizhou, em uma família muito pobre.

Um de seus sobrinhos convocou a imprensa local para tornar pública a disposição de sua tia de se casar e pedir ajuda para encontrar um marido "para conversar", segundo o jornal local "Chongging Commercial Times".

"Já tenho 107 anos e ainda não me casei. O que acontecerá se eu não me apressar para buscar namorado?", se pergunta a idosa.

Wang acrescenta que se "antes dava medo casar", com a velhice "dá pena não tê-lo feito".

A família de Wang era formada por comerciantes de sal na paupérrima Guizhou, e desde menina ela observou como seu tio batia na mulher dele, que chorava desconsoladamente todos os dias.

"Por isso sempre tive medo de me casar, me parecia uma vida muito infeliz", justificou a centenária ao jornal.

Wang foi independente até aos 74 anos, quando se viu obrigada a viver com seus sobrinhos, embora ainda dispusesse de saúde suficiente para se valer dela mesma.

Porém, uma fratura na perna aos 102 anos a fez mudar de opinião, já que ela obrigou a depender demais de seus cinco sobrinhos, o mais jovem com 60 anos. EFE mz/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG