Mulher pede divórcio do marido que a traia no Second Life

LONDRES - A britânica Amy Pollard, de 28 anos, pediu divórcio de seu marido David, de 40, após descobrir que ele tinha uma amante no mundo virtual do Second Life.

Ansa |

No último mês de fevereiro, Amy começou a suspeitar da possível relação extraconjugal virtual do marido e contratou no jogo um detetive para espioná-lo.

Em abril, o avatar (perfil virtual) de David foi flagrado duas vezes mantendo relações sexuais com o avatar da amante. Foi então que Amy decidiu pedir o divórcio.

"O advogado não estava nem um pouco surpreso. Disse que era o segundo caso de divórcio relacionado ao Second Life que ele atendia em uma semana", disse Amy.

Mais de dez milhões de pessoas possuem um perfil virtual no Seconf Life, onde também existem grandes empresas do mundo real, hotéis, bancos e até shows de música.

O casal Amy e David havia se conhecido há quatro anos justamente no Second Life, conheceram-se pessoalmente poucos meses depois e acabaram se casando em 2005, tanto na vida real quanto no mundo virtual.

Amy disse que o seu futuro ex-marido está gora comprometido com a mulher com quem teve um "caso" no Second Life, apesar de nunca terem se conhecido na vida real. No entanto, ela também uma nova cara-metade no mundo virtual, jogando o game World of Warcraft.

Leia mais sobre Second Life

    Leia tudo sobre: second life

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG