Mulher mais velha do mundo comemora 115 anos e recebe os parabéns de Obama

A mulher mais velha do mundo, uma americana negra de Los Angeles que completou 115 anos nesta segunda-feira, celebrou com um bolo, música ao vivo e um cartão de felicitações do presidente Barack Obama, em quem votou nas eleições de novembro.

AFP |

AP
Gertrude recebe o título de mulher mais velha do mundo

Gertrude recebe o título de mulher mais velha do mundo

Gertrude Baines nasceu no dia 6 de abril de 1894 em Shellman, na Geórgia (sudeste). Hoje, vive em um lar para idosos no sul de Los Angeles. Seus avós eram escravos, e ela é a única sobrevivente de sua família, já que seu único filho morreu muito jovem.

Em novembro do ano passado, Baines virou notícia nos Estados Unidos por ter feito questão de sair de casa para votar em Barack Obama para presidente.

Antes disso, só havia votado na eleição do presidente John F. Kennedy, em 1960. Nesta segunda-feira, Obama mandou para sua casa um cartão, desejando à eleitora um feliz aniversário.

Em janeiro deste ano, ela se tornou a pessoa mais velha do planeta, depois da morte da portuguesa Maria de Jesus, aos 115 anos, segundo o Gerontology Research Group (GRG), que mantém uma lista atualizada dos "supercentenários", pessoas que vivem além dos 110 anos.

Segundo o médico de Baines, que sempre trabalhou como empregada doméstica, ela "deve sua longevidade a Deus, e ao fato de que nunca bebeu, nunca fumou nem fez besteiras", revelando, por outro lado, que a idosa ainda se deleita com doces, sorvetes e toucinho.



    Leia tudo sobre: muher mais velha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG