Mulher é internada em Veneza com sintomas da gripe suína

Roma, 27 abr (EFE).- Uma italiana de 31 anos foi internada em isolamento em um hospital de Veneza com sintomas suspeitos de gripe suína, informa hoje a imprensa italiana, mas o escritório de imprensa do Ministério da Saúde da Itália disse à Agência Efe que desconhecia o caso.

EFE |

As condições da paciente, que voltou recentemente de San Diego (EUA), são boas e ela não corre risco de morrer, mas está com febre alta, segundo a imprensa local.

Alarmada pela febre, a mulher telefonou ontem para um número de emergência e após se verificar que tinha voltado recentemente de San Diego, área onde foram registrados alguns casos de gripe suína, foi ativado o protocolo de medidas preventivas.

As autoridades italianas enviaram uma amostra de sangue da paciente à Universidade de Pádua, para verificar se ela está infectada com o vírus H1N1, causador da doença.

Até a publicação deste caso, a Itália só tinha registrado um caso suspeito de um viajante que chegou ao aeroporto romano de Fiumicino proveniente do México e que apresentava sintomas da doença.

No entanto, os médicos verificaram que era uma gripe simples, após realizar os exames correspondentes.

A partir de hoje, a Itália contará com um número de telefone gratuito para o qual os cidadãos poderão ligar em caso de dúvida, e foi mobilizado um grupo de intervenção imediata, diante da possível detecção de novos casos suspeitos. EFE fab/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG