Mulher é inseminada com embrião errado em tratamento contra infertilidade

Washington, 23 set (EFE).- Uma mulher que se submetia a um tratamento de fertilização in vitro recebeu um embrião que não era o seu, mas decidiu junto a seu esposo continuar com a gravidez.

EFE |

Em entrevista concedida à rede de televisão "CNN", Carolyn e Sean Savage revelaram hoje que descobriram o problema em fevereiro deste ano quando a mulher esperava os exames de sua gravidez.

"O médico me chamou e me disse...'Carolyn está grávida, mas lhe inserimos o embrião errado'", manifestou.

Nesse momento Carolyn tinha 39 anos e as possibilidades de uma nova gravidez natural eram muito pequenas.

A primeira gravidez do casal não teve inconvenientes, mas com seu segundo filho, nascido em 1997, o parto se antecipou 10 semanas e Carolyn sofreu complicações que puseram em perigo sua vida.

No entanto, após recuperar-se, o casal consultou um médico e decidiu continuar seus esforços por ter outro filho através da fertilização in vitro.

Esses esforços tiveram fruto 10 anos depois com o nascimento prematuro de uma menina após uma difícil gravidez.

Empurrados por suas crenças religiosas Sean e Carolyn buscaram um quarto filho e acudiram com esse objetivo a uma clínica de fertilização onde ocorreu a inseminação de embrião errada.

Durante a entrevista Carolyn disse que conhece a dona do embrião e que cogitou a hipótese de lhe entregar o bebê.

"Mas sabemos dos precedentes legais e essa custódia seria provavelmente negada, então decidimos acatá-los", indicou.

Carolyn espera dar à luz nas próximas semanas com emoções encontradas, segundo assinalou.

"Estamos tentando pensar que não se trata de uma perda...

buscamos pensar que estamos recebendo um presente", disse.

"Sempre estarei pensando se esse bebê é feliz, saudável", manifestou Carolyn na entrevista sobre seu verdadeiro embrião.

A família se negou a divulgar o nome da clínica, mas proporcionou provas dos resultados de e provas genéticas que indicam que o filho que Carolyn leva em seu ventre na realidade não é o seu. EFE ojl/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG