Mulher e filho de piloto estavam em avião que caiu em Quito

Quito, 19 mar (EFE).- O Exército do Equador confirmou que no avião que colidiu nesta quinta-feira contra um prédio em um bairro populoso de Quito, deixando pelo menos seis mortos, viajavam também mulher e filho do piloto da aeronave.

EFE |

A unidade de Comunicação do Exército informou que no acidente morreram o piloto, major Julio Zaldumbide; o co-piloto, subtenente Jorge Zurita, e o mecânico de aviação, o segundo-sargento Mario Figueroa.

Segundo o Exército, no avião viajavam também como passageiros Claudia Uscocovich e o menor Julio Zaldumbide, mulher e filho do piloto.

O Exército não informou ainda a identidade da sexta vítima.

Segundo a Cruz Vermelha equatoriana, que participou dos trabalhos de resgate, seis corpos já foram retirados do edifício contra o qual a aeronave colidiu, e um outro foi localizado, mas ainda não pôde ser resgatado.

A Cruz Vermelha equatoriana não espera encontrar mais vítimas no local e informou à Agência Efe que começaram os trabalhos de apoio psicossocial aos envolvidos na tragédia. EFE fá/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG