Mulher de Zelaya tenta encontrar marido na fronteira de Honduras

Caracas, 24 jul (EFE).- Xiomara de Zelaya, mulher do presidente de Honduras deposto Manuel Zelaya, afirmou hoje que tenta chegar a pé ao ponto da fronteira com a Nicarágua no qual está o marido, que já entrou no país.

EFE |

Em entrevista à emissora "Telesur", a mulher de Zelaya, que se encontra cerca de 20 quilômetros de El Paraíso, segundo o canal, disse que vai passar "andando".

Xiomara de Zelaya fez um apelo "à consciência das Forças Armadas e à Polícia", a quem se dirigiu dizendo: "são e vêm do povo", e pediu livre passagem aos que tentam chegar ao local onde está o presidente deposto.

A esposa de Zelaya, que disse sentir "angústia e tristeza" ao ver o que está acontecendo no país, afirmou que os seguidores do líder deposto não querem "guerra". "Queremos paz", afirmou.

Ela afirmou que está avançando para a fronteira na companhia dos filhos, da sogra e da própria mãe. Segundo Xiomara, houve "disparos e bombas de gás lacrimogêneo" contra os seguidores do marido na zona fronteiriça.

Apesar disso, afirmou, "o povo não quer retroceder". EFE eb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG