Mulher de premiê zimbabuano morre em acidente de carro

Harare, 6 mar (EFE).- Susan Tsvangirai, mulher do premiê do Zimbábue, Morgan Tsvangirai, morreu em decorrência dos ferimentos sofridos em um acidente de carro registrado hoje em uma estrada ao sul de Harare, enquanto o chefe do Governo ficou levemente ferido, confirmaram fontes oficiais na capital zimbabuana.

EFE |

O acidente ocorreu no meio da tarde, enquanto o casal viajava para a casa que tem na zona rural de Buhera, 170 quilômetros ao sul da capital zimbabuana, confirmou o escritório do primeiro-ministro.

O comunicado oficial informa que Tsvangirai se encontra estável e permanece internado em um hospital da cidade, aonde foi levado com a esposa após a "rápida intervenção dos serviços de emergência" no local do acidente.

Os detalhes da colisão não foram completamente esclarecidos, e uma das versões indica que o 4x4 do governante zimbabuano se chocou de frente com outro veículo, cujos dois ocupantes também ficaram gravemente feridos.

Outra versão, porém, afirma que o automóvel de Tsvangirai, que era escoltado por dois veículos com seguranças, foi atingido lateralmente por um caminhão e tombou.

O porta-voz de Tsvangirai, James Maridadi, disse, por sua vez, que o acidente ocorreu na estrada que liga Harare à cidade de Masvingo e a 100 quilômetros de Buhera, onde o primeiro-ministro planejava discursar neste sábado em uma manifestação do partido Movimento para a Mudança Democrática (MDC).

Maridadi acrescentou que os médicos ainda estão fazendo exames em Tsvangirai, e confirmou que o premiê entrou no hospital caminhando.

O primeiro-ministro assumiu o cargo em 13 de fevereiro, após um acordo para formar um Governo de coalizão do MDC com a União Nacional Africana do Zimbábue-Frente Patriótica (Zanu-PF) do presidente zimbabuano, Robert Mugabe, até que seja estabelecida uma nova constituição e sejam convocadas eleições no país. EFE tm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG