Mulher de oficial desaparecido no Haiti pede que brasileiros orem por militares

BRASÍLIA - A mulher do coronel João Eliseu Souza Zanin, Cely Zanin, divulgou nesta sexta-feira nota oficial em que afirma ainda ter esperança de que sejam encontrados com vida o marido e outros oficiais brasileiros desaparecidos após o terremoto de terça-feira em Porto Príncipe, capital do Haiti.

Agência Brasil |

Na mensagem, Cely pede "a todos os irmãos brasileiros" que orem pelos militares desaparecidos durante o tremor de terra. Ela deixou o texto na portaria do prédio onde mora, em Brasília, alegando que não tinha condições de dar entrevista.

Cely manifesta ainda solidariedade às famílias do tenente-coronel Marcus Vinicius Macedo Cysneiros, do major Francisco Adolfo Vianna Martins Filho e do major Márcio Guimarães Martins, que estavam junto com seu marido na hora do terremoto e também não foram encontrados.

Os militares integravam o contingente brasileiro na força de paz Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti.

Veja também:

Leia mais sobre terremoto

    Leia tudo sobre: haiti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG